Arquivo mensal agosto 2010

porJoLopes

PURA BRASILIDADE NO PROJETO CONVIVER

A Banda Zé da Silva – Pura Brasilidade é a atração cultural desta quinta-feira(2) no Projeto Conviver, no Centro de Convivência do Campus Universitário. O projeto visa integrar e dinamizar o Centro de Convivência da UFRN em parceria com vários segmentos da universidade.
 

Banda Zé da Silva - apresentação em Parelhas/RN em 31 de julho

Banda Zé da Silva - apresentação em Parelhas/RN em 31 de julho

Além da Banda Zé da Silva, uma das revelações no mercado musical de Natal, o Projeto Conviver – especial de 7 de setembro, também contará no dia 2/9 com café da manhã, oficina de dança, exposição de plantas, feira de livros e CDs da Cooperativa Cultural  e lançamentos EDUFRN.
 
A Banda Zé da Silva se apresenta às 10 horas e vai alegrar e encher de música o Projeto Conviver deste dia 2.
 
Banda Zé da Silva – Pura Brasilidade
Produtor e Guitarrista: Zeca Vieira
Cantores: Ítalo Amorim e Bruno Santos
Bateria: Ítalo Marco
Baixo: Israel Silva
Teclado: Renato Luna

porJoLopes

Abertura da Semana da Patria 1.09.2009IR 9

 

 

 

 

 

 

 

 

 

Abertura da Semana da Pátria no Rio Grande do Norte – Foto: Demis Roussos

porJoLopes

Governo do Estado inicia comemorações da Semana da Pátria

A Semana da Pátria será comemorada, no Rio Grande do Norte, com uma programação especial, organizada pelo Governo do Estado, em parceria com as Forças Armadas (Exército, Marinha e Aeronáutica). De 1 a 7 de setembro – dia da Independência do Brasil – serão realizados eventos cívicos e de cidadania com a participação de grupos militares e da sociedade civil. A programação tem início às 10 horas desta quarta-feira, 1º de setembro, na Praça Cívica (Petrópolis), com a solenidade de Abertura Oficial da Semana da Pátria 2010 e o acendimento do Fogo Simbólico da Pátria.
 
“A Semana da Pátria é o momento para reavivarmos em nossos corações o sentimento nacionalista, da alegria de ser brasileiro, e refletirmos sobre o que podemos fazer para transformar o nosso país, deixá-lo melhor. O dia da proclamação da Independência do Brasil deve ser sempre lembrado com orgulho”, disse o governador Iberê Ferreira de Souza.
 
O Corpo de Bombeiros programou, para a manhã do dia 4, a realização da 2ª Travessia da Independência. O evento, organizado pela Corporação, terá a praia de Ponta Negra, em Natal, como ponto de concentração. O percurso da travessia marítima terá, ao todo, três quilômetros, saindo do Morro do Careca, em Ponta Negra, até o início da Via Costeira.
 
No dia 7 de setembro, a partir das 9 horas, a programação encerra com a realização do tradicional Desfile Cívico-Militar, com a participação do governador Iberê Ferreira de Souza, das Forças Armadas, Polícia Militar, Corpo de Bombeiros e outros órgãos.

porJoLopes

Frente e verso

Deu na coluna de Eliana Cantanhêde

oglobo.com

oglobo.com

O PMDB considera “sem pé nem cabeça” a notícia de que Lula articula pessoalmente uma “frente de esquerda” com PT, PSB, PDT, PCdoB e PRB para se contrapor à força e à avidez peemedebista no eventual governo Dilma.

Mas, como o seguro morreu de velho, especialmente em política, a cúpula do partido não vai abrir a guarda. Pretende manter o discurso de que são todos dilmistas desde criancinha, mas assuntando até onde vai a tal frente e se preparando para, se e quando for o caso, mostrar que não é de brincadeira.

“A aliança era episódica, só para a eleição? Nós não somos parceiros? Não vamos juntos para a vitória?”, questionou ontem Henrique Eduardo Alves, que é hoje o mais antigo deputado, com dez mandatos consecutivos, e candidato peemedebista a presidente da Câmara. O PT promete fazer barulho. Mas o PMDB tem lá suas vuvuzelas.

“Uma coisa é um governo com Lula, outra é um governo com Dilma”, diz Alves, como quem não quer nada, lembrando o quanto Dilma, se for mesmo presidenta, pode vir a precisar um bocado do partido -no Congresso e fora dele.

Alves diz não acreditar na tal frente de esquerda, mas adverte por precaução: “Uma frente contra nós vai ser um tiro no pé, porque é claro que vai provocar uma reação do PMDB”. Quem avisa amigo é.

Lula, aliás, não está sozinho ao focar o PSB e o PDT, já que Aécio Neves nem esperou as urnas e deu entrevista ao jornal “Valor Econômico” sobre uma linha de ação para 2011 “que independa do resultado da eleição presidencial”. Qual seja? A aproximação do PSDB (ou da parte que sobrar de pé) com o PDT e o PSB de Ciro e Cid Gomes.

Lula quer os dois partidos contra o PMDB. Aécio, contra o PSDB serrista e paulista. Pode estar aí a base do novo partido a ser erguido sob os escombros da oposição.
PS – O que faz o PRB da Igreja Universal no meio da “frente de esquerda” de Lula? E eu que sei?!

porJoLopes

Na avaliação de Andrade, a burocracia é o principal entrave à competitividade brasileira

Presidente em exercício da CNI, Robson Braga de Andrade - Foto: José Paulo Lacerda

Presidente em exercício da CNI, Robson Braga de Andrade - Foto: José Paulo Lacerda

O novo governo deve se comprometer com a competitividade das empresas brasileiras. O alerta foi feito pelo presidente em exercício da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade, em entrevista ao jornal Brasil Econômico. Para Andrade, a questão é tão importante que ele reunirá o empresariado em São Paulo, no início de dezembro, para discutir a agenda da competitividade.

Ao final dos trabalhos do 5º Encontro Nacional da Indústria (ENAI), que ocorrerá no Hotel Transamérica, em São Paulo, os empresários entregarão ao futuro presidente da República documento com as sugestões para melhorar a competitividade. “Queremos fazer um evento divisor de águas, que fique marcado pela qualidade das propostas que serão encaminhadas ao futuro ocupante do Palácio do Planalto”, destaca Andrade, na reportagem publicada nesta terça-feira, 31 de agosto.

Na avaliação do presidente em exercício da CNI, a burocracia é o principal entrave à competitividade brasileira. “Isso afeta o ambiente de negócios e é preciso que o futuro presidente faça algo para simplificar as coisas e tornar nossa indústria mais ágil em todos os sentidos”, afirma. Para reduzir a burocracia, ele sugere a recriação do Ministério da Desburocratização. “Falta investimento e talvez seja o caso de se recriar o Ministério da Desburocratização”, considera Andrade. O Ministério foi uma secretaria existente entre 1979 e 1986, criada com a tarefa de reduzir a estrutura burocrática do país.

O presidente em exercício da CNI lembra que as deficiências na infraestrutura, o câmbio valorizado, a concorrência predatória chinesa e a pesada carga tributária também prejudicam a competitividade. Mas ele acredita que a redução da burocracia aumentará a eficiência da área pública e ajudará a eliminar os demais entraves ao crescimento.

A competitividade da economia brasileira tem sido uma preocupação constante da indústria. Em maio deste ano, a CNI entregou documento de 230 páginas aos pré-candidatos à Presidência da República. Com o título A Indústria e o Brasil, uma Agenda para Crescer Mais e Melhor, o documento traça um diagnóstico do país e aponta as medidas necessárias para aumentar a competitividade das empresas e estimular o crescimento sustentável da economia.

porJoLopes

Da inércia da Galileu à de Micarla de Sousa

Teorizou Galileu, quando política era apenas conchavos de príncipes, duques e bispos, que a inércia era a propriedade física da matéria em que contemplava a constância do movimento. Um corpo parado permanece parado; em movimento permanece em movimento, e sua velocidade será constante. O tempo passou, Newton fez desse pensamento sua primeira lei, e política continua do jeito que sempre foi.

Mas a inércia transpôs os meandros das propriedades físicas e caiu no campo político para aludir à falta de capacidade de alguns gestores, quando se deparam com problemas que deveriam ser sanados, ou quando fazem vista grossa com os fisiologismos administrativos, levando-nos a condenar a postura do paralítico partidário, porque tão grave quanto ser inerte é saber de seu estado e preferir assim permanecer.

Foi o que assistimos ontem, quando a Polícia Civil e o Ministério Público deflagraram operação que culminou na prisão de três funcionários da Semurb; e horas depois a Prefeita do Natal emite nota, em que admitia conhecer os casos de corrupção desde que se sentou à cadeira principal do Palácio Felipe Camarão.

Os funcionários supostamente corruptos facilitavam alvarás e licenças ambientais, indo de encontro à política verde apregoada por Micarla de Sousa, que recebeu prêmio por práticas ambientais semana passada, antes, portanto, do Brasil saber que ela aquiesceu aos desmandos contra o meio ambiente.

E aquiesceu porque esperou apenas pelo MP, quando poderia ter instaurado processo administrativo para apurar as irregularidades e punir com o peso da Lei 4.108 e tantos outros dispositivos que punam com o rigor que merece quem tenha atentado contra o Patrimônio Público.

Não é do feitio deste blog tripudiar sobre quem vê, agora, o peso dos próprios erros e colhe o que merece. A administração verde vai de mal a pior. Erros sucessivos e a má avaliação fazem certamente desse governo um vexame para Natal.

Ao assumir que sabia e nada fez contra o caso, a prefeita se lança à órbita da inércia defendendo a ideia, de todas a mais improvável, que não queria atrapalhar as investigações. Numa metáfora simples, a prefeita se fez passar por satélite de lata, testemunhando sem intervir. Mas o que era de lata se faz, agora, em puro papelão. Vergonhoso papelão.

porJoLopes

Falou e disse Ricardo Rosado

Nome de Iberê pode crescer

Ricardo Rosado - Fator RRH

Ricardo Rosado - Fator RRH

Aí o Ibope perguntou:

Como o Sr (a) classifica, até omomento, a administração do Governador Iberê Ferreira.

O Sr (a) acha que ela está sendo:

Ótima – 7%

Boa – 28%

Regular – 34%

Ruim – 7%

Péssima – 10%

Não sabe/Não respondeu – 15%

A avaliação do Governo é positiva, mas não ao ponto de contagiar o eleitor, se comparada com os índices de aceitação da candidatura de Iberê ao Governo do Estado.

A soma da avaliação  Ótima e Boa é maior do que a aceitação do nome do candidato.

Ele ainda não conseguiu passar para o eleitor este tipo de identidade entre o Governador e o candidato.

Caso haja tempo, interesse e foco, o nome do candidato tem espaço pra crescer.

A pesquisa ainda revela quem está insatisfeito, onde vive, pensa em votar em quem.

Basta um bom avaliador para dirigir o holofote na direção correta.

Paro por aqui por que passando daqui vira consultoria de graça.

Fonte: FATOR RN – de Ricardo Rosado – http://www.fatorrrh.com.br/
porJoLopes

Movimentação política hoje em Ipanguaçu

Nesta terça-feira(31), hoje, acontecerá durante a tarde movimentação política no Sito Ubarana, uma equipe estará visitando as casas realizando uma panfletagem para divulgar os candidatos do Prefeito Leonardo Oliveira.

A noites todos se reunirão as 7horas para um comício com o Prefeito Leonardo Oliveira, vereadores, lideres comunitários e todos que apóiam.

Todos são convidados para a concentração política, a favor de Dilma 13, Iberê 40, Vilma 400, Garibaldi 154, Fátima 1313, Mineiro 13666.

porJoLopes

Nos Guarapes, Vilma diz que vai lutar para Proerd chegar a todas as escolas do RN

A ex-governadora Vilma de Faria, candidata ao Senado pela Vitória do Povo (PSB-PT-PTB-PPS), caminhou nesta terça-feira (31) no bairro dos Guarapes, zona Oeste de Natal, ao lado da deputada federal Fátima Bezerra (PT) e da deputada estadual Márcia Maia (PSB).

Foto: Vlademir Alexandre

Foto: Vlademir Alexandre

Ao conversar com os moradores, Vilma afirmou que, quando chegar ao Senado, vai lutar por recursos para que o governador Iberê Ferreira (PSB) leve o Proerd (Programa Educacional de Resistência às Drogas e à Violência) a todas as escolas públicas e privadas do Rio Grande do Norte.

“Aqui no Estado temos um programa exemplar, implantado pelo Governo e desenvolvido pela Polícia Militar, que é o Proerd. O programa inibe o uso de drogas através da educação nas escolas. Vou lutar no Senado por mais recursos para que nosso governador Iberê Ferreira leve o Proerd para todas as escolas do RN”, declarou, lembrando que o programa já foi implantado nas escolas daquele bairro.

Vilma defendeu ainda o acesso ao ensino universitário gratuito para os jovens do bairro. Ela disse que vai defender, junto ao governo da futura presidente Dilma Rousseff, a ampliação das vagas do ProUni (Programa Universidade para Todos) para o Rio Grande do Norte, dando a chance de mais jovens carentes entrarem na universidade.

Vilma contou que estava “feliz” por reencontrar os moradores do bairro e ressaltou que, quando era prefeita de Natal, trabalhou para melhorar a vida das pessoas da comunidade. “Esse bairro tem a marca do meu trabalho”, declarou a candidata.

Vilma caminhou acompanhada das principais lideranças do bairro: João da rádio, Marcílio do conselho comunitário, Soraia do PSF e Nara da creche. Eles seguiram a comitiva de Vilma, Márcia e Fátima, levando as candidatas ao encontro dos moradores para ouvir sugestões das pessoas.

Vilma citou algumas realizadas pelos Guarapes, como as escolas do bairro, a unidade de saúde, a creche, o conjunto habitacional, pavimentação e drenagem, entre os outros benefícios.

“Esse trabalho eu realizei também como governadora em todo o Estado. Agora, vou ser senadora para continuar trabalhando para melhorar a vida das pessoas”, declarou.