Manifestantes fecham a Ponte da Amizade após aprovação da reeleição no Paraguai

Um grupo de manifestantes fechou a Ponte da Amizade, na noite desta sexta-feira (31), após o Senado paraguaio aprovar uma emenda constitucional que permite a reeleição do presidente no país. A ponte entre Foz do Iguaçu (PR) e Ciudad del Este é a principal ligação entre o Brasil e o Paraguai. De acordo com a Polícia Rodoviária Federal, que monitora o tráfego de veículos no lado brasileiro, a interdição da ponte é total, ou seja, os carros não podem fazer a travessia em nenhum dos dois sentidos. Não há previsão para que o trânsito seja liberado no local. O senado do Paraguai, dominado por partidários do presidente Horacio Cartes, aprovou