Arquivo mensal agosto 2017

porJoLopes

Rio Grande do Norte dedica um mês inteiro à cidadania

Projeto “Setembro Cidadão” é pioneiro em todo País

A partir desta sexta-feira, dia 1º, acontece no Rio Grande do Norte o “Setembro Cidadão”, projeto idealizado pelo juiz Jarbas Bezerra e a advogada Lígia Limeira a partir da experiência de uma década, na elaboração de livros educativos. O projeto, que é pioneiro no reconhecimento da importância da cidadania, faz parte do Programa Brasileiro de Educação Cidadã – PROBEC, e se assemelha ao movimento popular internacionalmente conhecido como Outubro Rosa e a campanha de conscientização do Novembro Azul. O Setembro Cidadão transforma o Rio Grande do Norte na Terra do Sol, do Sal e da Cidadania. Este será o quarto ano que o Estado celebra o Setembro Cidadão.

O dia 10 de setembro foi escolhido para celebrar o ‘Dia Estadual da Educação Cidadã’ no Rio Grande do Norte, a partir da Lei Complementar nº 494/2013, instituída em 27 de agosto de 2013, por unanimidade pela Assembleia Legislativa. A escolha da data refere-se à nota máxima exigida, na educação, aos melhores alunos.

Já o mês de setembro, foi escolhido por ser marco de celebrações de várias datas em torno do tema. Os dias 6, 7, 8 e 10 de setembro, por exemplo, são respectivamente: Dia da Oficialização da Letra do Hino Nacional; Dia Nacional da Alfabetização e Dia da Educação Cidadã e o mês Setembro Cidadão no Rio Grande do Norte.

“A união da escola, família e do Estado são responsáveis pelo processo de educação e informação para a cidadania. A ausência do conhecimento sobre o fator ‘cidadão’ gera a atual situação ao qual o País se encontra, com o alto índice de violência, impunidade, descrédito nas instituições e desrespeito a ordem jurídica vigente”, explica o juiz Jarbas Bezerra.

A fórmula geral da celebração do ‘Setembro Cidadão’, dar-se em: Educação + Informação = Cidadania. “O progresso de qualquer nação não reside apenas em uma educação voltada ao conhecimento científico e sim a junção de uma formação educativa para a cidadania, tendo como objetivo a mudança gradual da realidade brasileira”, completa a advogada Lígia Limeira.

Como irá funcionar o Setembro Cidadão:

– Símbolo: Flâmula verde e amarela, que será distribuída gratuitamente, para ostentar no peito. Fachadas de órgãos públicos e privados serão iluminadas nas cores verde e amarela.

– Cartilha: Cidadania A-Z contém conceitos de cidadania de a–z, na linguagem simples e objetiva e com símbolos que identificam características positivas e negativas para a formação desse conhecimento. Serão distribuídas em eventos paralelos ao longo do mês de setembro.

– Civismo: Despertar o sentimento pátrio da população brasileira e redirecionar os sentimentos ao respeito e amor ao Estado e à Pátria, tendo, assim, ao final da cartilha a reprodução do Hino Nacional Brasileiro.

– Personagens: dois personagens interagem com o público: Edu (diminutivo de educação) e Cida (da palavra cidadania), carinhosamente chamada de Cidinha, e vestem as cores do Brasil. Os bonecos farão parte dos eventos.

– Família cidadã: Para a composição da educação, informação e cidadania, o envolvimento da família é essencial. O que fez surgir a ‘família cidadã’, como forma de valorização do amor, da paz, da igualdade, da tolerância e do companheirismo, norteadores da saúde emocional e psíquica dos cidadãos. São 18 personagens, em árvore genealógica, que representam a diversidade brasileira, incluindo animais pertencentes ao meio. (Confira ilustração).

– Singularidade: As entidades públicas e privadas que aderirem ao programa terão sua logomarca reproduzida na contracapa da cartilha Cidadania A-Z, tendo, então, sua imagem atrelada aos valores humanos, e demandas socioeconômicas do país, responsabilidade socioambiental, educação, cultura, ética e comprometimento com o futuro.

Programação completa no nosso site: www.probec.com.br

porJoLopes

Ronaldo Fraga e Kildare desfilam suas criações no SPWF 44 em grande estilo

Com quase nove décadas de experiência no desenvolvimento de calçados, a Kildare deu um plus na parceria de sucesso com o talentoso estilista Ronaldo Fraga para desfilar modelos repletos de bossa na 44ª edição do São Paulo Fashion Week (SPFW). As criações pisaram na passarela da semana de moda nessa quarta-feira, 30, e tomaram forma a partir de novas nuances inspiradas na coleção de Fraga, aplicadas sobre dois modelos-destaque da Coleção Cápsula que leva o nome do estilista e da marca.

Confeccionados em couros maleáveis que lembram a textura da lona e com solado no estilo caixa, os modelos expressam uma simbiose entre os estilos contrastantes dos parceiros. O resultado é uma coleção que sintoniza perfeitamente o mood clássico das criações Kildare com o olhar visionário de Fraga, destacando, entre tons e traços, a estética urbana do Brasil. Para o desfile, eles ganharam leituras em harmonia com a coleção de Fraga, que lança uma linha moda praia inédita, produzida pela marca Silvia Schaefer e inspirada nos banhos de mar na orla carioca dos anos 20, com direito a biquíni, sunga, maiô, saída e outros modelos, evocando principalmente o desejo por dias mais leves e poéticos. Tomam forma tênis com paleta de cores sólida, harmônica às criações do estilista, com destaque para o preto e duas versões de rosa pó, o tom que promete ser hit no Verão 2018.

RONALDO FRAGAReconhecido como um dos principais estilistas no que se refere à moda com DNA brasileiro, Fraga busca estabelecer em suas criações um diálogo entre a cultura nacional e o mundo contemporâneo. Multipremiado, autor e ilustrador de livros, o profissional já teve seu trabalho reverenciado muito além das passarelas, destacando-se também no cenário artístico, sustentável e cinematográfico.

KILDARE A Calçados Jacob S.A., detentora da marca Kildare, é uma das mais tradicionais indústrias brasileiras do setor calçadista, fundada em 22 de dezembro de 1928. A empresa possui unidades fabris em Maratá (RS) e Cachoeira do Sul (RS), e matriz administrativa em Novo Hamburgo (RS), empregando por volta de 600 funcionários. Atuando em mais de 30 países, as exportações respondem por 15% dos negócios da companhia.

porJoLopes

Tropa Trupe apresenta Sancho Pança em festivais de teatro pelo Brasil

Espetáculo foi convidado a participar de três festivais de teatro em Mato Grosso do Sul e Bahia

Natal, 30 de agosto de 2017 – O espetáculo “Sancho Pança – O fiel escudeiro”, da Tropa Trupe foi convidado a participar de três festivais de teatro em Mato Grosso do Sul e Bahia. Com o intuito de buscar recursos para cobrir os custos de transporte, hospedagem e alimentação do grupo durante a tour e garantir a circulação do espetáculo serão realizadas duas apresentações em Natal. A peça será exibida no próximo sábado e domingo, no Galpão da Tropa Trupe, às 20h e 18h, respectivamente.

A montagem será apresentada no 8º Festival Internacional de Teatro de Dourados – FIT, no dia 24 de setembro, em Dourados/MS; no Festival Vilerê, nos dias 30 de setembro e 1º de outubro, em Salvador/BA e no 10º Festival Nacional de Teatro Infantil de Feira de Santana – FENATIFIS, de 04 a 06 de outubro, em Feira de Santana/BA.

Também é possível ajudar Sancho nessa cavalgada com uma doação via depósito bancário pela conta do Banco do Brasil de Rodrigo Goulart Bruggmann, agência: 3698-6 e conta-corrente: 176397.

Sobre o espetáculo

O palhaço Piruá jura ser Sancho Pança, o fiel escudeiro de Dom Quixote de La Mancha, aqueles personagens nascidos há mais de 400 anos da maravilhosa imaginação de Miguel de Cervantes. Piruá se põe na pele e a alma de Sancho Pança e busca o reencontro com o valente cavaleiro, recorrendo os caminhos do mundo a serviço dos mais frágeis, enfrentando injustiças, sempre do lado daqueles invisíveis ante aos olhos dos poderosos.

O espetáculo é um braço autônomo do projeto maior “Cervantes sem Fronteiras”, idealizado por Walter Velázquez, diretor da Compania Sin Pulgares (ARG), ao qual, através do patrocínio do edital IBERESCENA 2015/2016, realizou a montagem do espetáculo em uma coprodução com a Tropa Trupe (BRA).

Ficha Técnica:

Direção e Dramaturgia: Walter Velázquez (ARG)

Elenco: Rodrigo Bruggemann

Assistente de Direção: Alex Cordeiro

Direção de Movimento: Ana Claudia Viana

Produção Executiva: Carol Carvalho e Renata Marques

Figurino e Cenografia: Ricardo Cerqueira

Trilha Sonora: Gabriel Souto

Operador de Som e Contra-regra: Wendel Gabriel

Operador de Luz: David Costa

Ilustrações: Clarissa Torres

Design Gráfico: Martín Acosta (ARG)

Desenho de luz: Ricardo Sica (ARG)

Fotografia: Luana Tayse

Audiovisual: Carito Cavalcante

TEMPO DE DURAÇÃO: 50 min

CLASSIFICAÇÃO ETÁRIA: Livre

Serviço:

Sancho Pança – O fiel escudeiro – Tropa Trupe

02 setembro – 20h e 03 de setembro – 18h

Galpão da Tropa Trupe – Av. Campos Sales, 930 – Tirol (por trás do Clube América)

Ingresso: R$ 20 inteira e R$10 meia

 

porJoLopes

Setembro Dourado alerta para o diagnóstico precoce do câncer infantojuvenil

Na luta contra o câncer infantojuvenil quanto mais cedo o dignóstico, maiores as chances de cura.  Partindo dessa premissa, a Confederação Nacional das Instituições de Apoio e Assistência à Criança e ao Adolescente com Câncer – CONIACC promove em todo o Brasil a Campanha Setembro Dourado.  Em Natal, a campanha terá início no dia 01 de setembro, às 9h, na sede da Prefeitura do Natal, contando com a participação das entidades que lutam contra o câncer na infância e adolescência: Casa Durval Paiva, Grupo de Apoio à Criança com Câncer – GACC, Liga Norte Riograndense contra o Câncer e o Hospital Varela Santiago.

Na capital potiguar, a campanha faz parte do calendário oficial de eventos do município através da Lei Municipal nº 6.540, de 13 de julho de 2015, que institui o Setembro Dourado como o mês de incentivo ao diagnóstico precoce. Durante todo o mês, serão realizadas ações de divulgação dos principais sinais e sintomas do câncer infantojuvenil em escolas, unidades básicas de saúde, shoppings e supermercados, visando conscientizar a sociedade quanto a existência do câncer em crianças e adolescentes.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA) o câncer infantojuvenil corresponde a um grupo de várias doenças que têm em comum a proliferação descontrolada de células anormais e que pode ocorrer em qualquer local do organismo. Os tumores mais frequentes na infância e na adolescência são as leucemias (que afetam os glóbulos brancos) e os do sistema nervoso central e os linfomas (sistema linfático).

Estima-se que ocorrerão cerca de 12.600 casos novos de câncer em crianças e adolescentes no Brasil por ano em 2017. Nas últimas quatro décadas, o progresso no tratamento do câncer na infância e na adolescência foi extremamente significativo. Hoje, em torno de 80% das crianças e adolescentes acometidos de câncer podem ser curados, se diagnosticados precocemente e tratados em centros especializados. “Uma criança, quando tem a doença diagnosticada cedo, pode ser tratada com a possibilidade de ter menos sequelas e mais qualidade de vida”, alerta Rilder Campos, presidente da CONIACC e da Casa Durval Paiva.

Câncer infantojuvenil

De acordo com Teresa Fonseca – presidenta da Sociedade Brasileira de Oncologia Pediátrica (SOBOPE), os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil podem ser confundidos com outras doenças comuns à infância, por isso, o cuidado deve ser reforçado.

Palidez progressiva, dor óssea, nas articulações, inchaço que provocam dificuldades de andar, manchas roxas ou sangramentos em locais que não são de traumas; febre prolongada, perímetro cefálio das crianças pequenas, dores de cabeça diárias matutinas acompanhadas de vômito, alterações no equilíbrio, na visão, no andar, presença de ínguas frequentes, são os principais sinais e sintomas que indicam que a criança ou adolescente precisa ser avaliados por um médico oncologista pediatra.

A especialista orienta que a família deve estar atenta a sintomas que não existiam antes, como convulsões, alterações nos olhos como estrabismo, tumores nas pernas e nos braços. Além disso, perda de peso importante sem explicação precisa ser investigada, assim como, o comportamento da criança que deixa de brincar e só quer ficar deitada. “Estes são sinais e sintomas que podem ser câncer”, esclarece Teresa Fonseca.

Programação Setembro Dourado

01/09 – 9h – Ato Solene – Lançamento da Campanha Setembro Dourado na Prefeitura

04/09 – UBS Pitimbu de 9h – Distribuição de panfletos e laços dourados

05/09 – Peça e panfletagem Escola Municipal Maria Cristina – Zona Oeste.

06/09 – Peça e panfletagem no CRAS Oeste – Grupo Guarapes – 9h

08/09 – Distribuição de panfletos e laços no sinal da Av. Prudente de Morais com Av. Alexandrino de Alencar

09/09 – Ação no Partage Norte Shopping

11/09 – Distribuição de panfletos e laços – UBS Pajuçara 9h

12/09 – Peça e panfletagem no CRAS Zona Norte – Grupo Nª Sª da Apresentação (manhã)

13/09 – Peça e panfletagem no CRAS Pajuçara 14h

13/09 – Ação no Nordestão Salgado Filho

14/09 – Audiência Pública na Assembleia Legislativa às 14h

15/09 – Ação no Natal Shopping com distribuição de panfletos

19/09 – Peça e panfletagem Escola Municipal Amadeu Araújo – Zona Norte

20/09 – Peça e panfletagem no CRAS Mãe Luiza (manhã)

20/09 – Distribuição de panfletos e laços dourados no sinal da av. Eng. Roberto Freire

21/09 – UB Alecrim/ CEI Alecrim 9h – Distribuição de panfletos e laços

23/09 – Ação no Natal Shopping com distribuição de panfletos e laços

23/09 – Ação Mulheres 365 – Peça e panfletagem

26/09 – ES Quintas Oeste 9h – Distribuição de panfletos e laços dourados

27/09 – Peça e panfletagem, no CRAS Ponta Negra

28/09 – Audiência Pública na Câmara Municipal às 09h

30/09 – Ação de Encerramento no Parque das Dunas com distribuição de panfletos e laços

Ação Infância e Vida

Paralelo ao Setembro Dourado acontece a Ação Infância e Vida, uma parceria entre o Banco do Brasil e a CONIACC. A campanha, que está no terceiro ano, também visa divulgar informações sobre os sinais e sintomas do câncer infantojuvenil e seu diagnóstico precoce. Tem ainda como propósito arrecadar doações para fortalecer o sistema de apoio e assistência à criança e ao adolescente com câncer em todas as regiões do Brasil.

As doações para a Ação Infância e Vida podem ser feitas por meio da troca de pontos Dotz, Ponto pra Você e Ponto pra sua Empresa – através da Livelo – e Smiles. Podem também ser de qualquer valor, através da conta da CONIACC no BB –Agência: 2870-3 – Conta Corrente: 33.000-0.

A campanha prossegue até 15 de outubro, no entanto, os mecanismos de doação ficarão disponíveis após este período, com exceção da Smiles, que terá período determinado para doações. Mais detalhes da ação Infância e Vida: bb.com.br/infanciaevida.

porJoLopes

TRT-RN instala duas novas Varas do Trabalho em Natal nesta sexta (1)

Com o objetivo de melhor atender à crescente demanda de processos trabalhistas que surgem diariamente na região metropolitana de Natal, o Tribunal Regional do Trabalho da 21ª Região (TRT-RN) instala, nesta sexta-feira (1º de setembro), mais duas Varas do Trabalho na capital.

Por decisão administrativa do Pleno do Tribunal, tomada em maio deste ano, a 1ª Vara de Macau e a Vara de Pau dos Ferros foram transferidas para a capital, em virtude da redução significativa do novos processos nesses dois municípios.

A solenidade de instalação das duas novas varas será realizada no Fòrum Trabalhista de Natal, com a presença da desembargadora Auxiliadora Rodrigues, presidente do TRT-RN.

A juíza titular da extinta Vara de Macau, Lilian Matos Pessoa da Cunha Lima, assumirá a 12ª Vara de Natal, que terá como auxiliar o juiz José Maurício Pontes Júnior.

Jólia Lucena da Rocha Melo, que era titular da Vara do Trabalho de Pau dos Ferros, assumirá a 13ª Vara do Trabalho de Natal e terá como auxiliar o juiz Cácio de Oliveira Manoel.

As duas varas vão receber, cada uma, 1.538 processos, remanejados através de sorteio randômico das 1ª a 10ª varas de Natal, de forma igualitária.

A jurisdição das novas Varas será a mesma das demais Varas de Natal, que inclui, além da capital, os municípios de Barcelona, Bom Jesus, Caiçara dos Rios dos Ventos, Extremoz, Ielmo Marinho, Lagoa dos Velhos, Macaíba, Nísia Floresta, Parnamirim, Riachuelo, Rui Barbosa, São Gonçalo do Amarante, São Paulo do Potengi, São Pedro, São José de Mipibú, Santa Maria, São Tomé, Serra

Caiada, Senador Eloi de Souza e Vera Cruz.

O TRT-RN manteve em Pau dos Ferros um posto de atendimento, vinculado à jurisdição de Mossoró, que continuará recebendo processos e realizando audiências. Já os processos da 1ª Vara do Trabalho de Macau, que foi extinta, foram absorvidos pela outra vara que foi mantida.

porJoLopes

Após atuação da FEMURN, Banco apresenta prazos para reabrir agências fechadas no RN

Os municípios do Rio Grande do Norte voltarão a contar com as agências do Banco do Brasil que foram fechadas após explosões e atentados criminosos. Após a solicitação da Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN – para a abertura de procedimento administrativo contra o banco pelo Órgão de Proteção e Defesa do Consumidor – PROCON/RN, a instituição apresentou um calendário com as datas previstas para reabertura de 15 agências bancárias no interior do estado.

Desde o último mês de maio, a FEMURN vem atuando para reabrir as agências bancárias no interior do RN. A Federação tratou do assunto com a Secretaria de Segurança Pública e Defesa Social do RN, e participou de audiência pública na Assembleia Legislativa do RN, promovida pelo deputado estadual Hermano Morais, que debateu o fechamento de bancos nos municípios. Posteriormente, a FEMURN pediu ao Coordenador do PROCON/RN, Cyro Benavides, a abertura de procedimento contra bancos que estão ignorando os pleitos das cidades. A ação de multar os bancos seguiu exemplo dos estados de Pernambuco e da Paraíba, onde as unidades do PROCON aplicaram multas ao Banco do Brasil, pela demora na reabertura das agências e o prejuízo causado aos consumidores.

O Presidente da FEMURN, Benes Leocádio, comemorou a reabertura das agências: “Os municípios estão sendo fortemente afetados pela falta das agências bancárias. A situação econômica das cidades piorou, já que, além da crise econômica que nos afeta, as pessoas se deslocam para receber dinheiro em outras cidades e gastam por lá mesmo. Precisamos garantir que os bancos voltem a funcionar e atendam nossos municípios”, considerou Benes.

O Prefeito de São Paulo do Potengi e vice-presidente da Federação, Naldinho, alertou para as dificuldades que as economias dos municípios têm enfrentado. A cidade foi alvo de uma ação criminosa contra os bancos no dia 06 de fevereiro, e desde então não contava com o Banco do Brasil: “Nossos moradores precisam se deslocar para Macaíba ou Santa Cruz para receber dinheiro. É um gasto e um risco para nossos cidadãos, que tinham a agência aqui a nossa disposição. Fora o quanto afeta a nossa economia. O comércio está fechando”, afirmou.

Entre as agências atingidas, a do município de Touros já foi reaberta. Segundo o Banco, ainda este ano, serão reabertas as agências de Baraúna (04/09), São Paulo do Potengi (20/09), Umarizal (30/09), São Miguel (31/10), Acari (01/11), Florânia (13/11), Santana do Matos (06/12), e Lajes (30/12). Em 2018, o banco deverá reabrir as agências de Gov. Dix-Sept Rosado (10/01), Caraúbas (16/01), João Câmara (30/03), Monte Alegre (30/03), São José de Campestre (30/11), e Tibau do Sul (30/11).

Atentados contra bancos continuam

Apesar da boa notícia da reabertura dos bancos, os atentados criminosos continuam afetando os municípios do RN. Na madrugada desta quinta-feira (31), bandidos explodiram uma agência bancária, saquearam os Correios e alvejaram o posto da Polícia Militar e da Câmara Municipal do município de São Pedro. Com o ataque, o RN passa a contar com 54 atentados contra bancos e/ou agências.

porJoLopes

Desembargador aposentado é alvo de operação do MPF e PF no Rio Grande do Norte e Pernambuco

Crimes investigados incluem corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica, lavagem de dinheiro e associação criminosa

O Ministério Público Federal (MPF) e a Polícia Federal deflagraram, na manhã desta quarta-feira (30), a Operação Alcmeón, cumprindo dois mandados de prisão preventiva, oito de condução coercitiva e 13 de busca e apreensão no Rio Grande do Norte e em Pernambuco. As medidas foram determinadas pela 2ª e 14ª varas federais do Rio Grande do Norte e se referem a dois inquéritos distintos.

O primeiro caso trata da possível compra e venda de votos de desembargadores federais (um falecido e outro aposentado) do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), localizado em Recife, para análise de um habeas corpus e de um mandado de segurança julgados pelo tribunal no ano de 2012, no âmbito da Operação Pecado Capital. Essa operação apurou um esquema de desvio de recursos federais repassados pelo Inmetro ao Instituto de Pesos e Medidas do Rio Grande do Norte – Ipem/RN.

As negociações ilícitas envolvendo os dois desembargadores federais teriam contado com a intermediação de advogados e de um assessor, com repasses de valores de forma oculta e dissimulada, mediante uso de dinheiro em espécie e transferências bancárias envolvendo terceiros.

Interferência – O segundo inquérito trata de uma possível “exploração de prestígio” por parte do desembargador aposentado, perante o mesmo TRF5, entre os anos de 2015 e 2017. A atuação irregular desrespeitou, inclusive, a quarentena prevista no art. 95, parágrafo único, inciso V, da Constituição. O desembargador aposentado teria solicitado e recebido valores a pretexto de influir em outros magistrados até mesmo em casos nos quais ele próprio havia atuado como julgador, como na “Operação Pecado Capital” e na “Operação Salt” (que apura esquema de sonegação fiscal de grupo empresarial de Mossoró/RN).

A mesma prática teria se repetido em diversos outros processos, como apelações criminais, ações rescisórias, revisão criminal e ação penal originária. A atuação perante a Corte teria ocorrido através de advogados interpostos e os valores recebidos, muitas vezes, de forma oculta e dissimulada, mediante transferências bancárias para terceiros e também com base em contratos e notas fiscais com falsa descrição de serviços.

Investigações – As investigações se desenvolveram em um trabalho conjunto do Ministério Público Federal, da Polícia Federal e da Receita Federal, contando com informações fornecidas pelo Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf), pela Justiça Federal e pelo TRF5. As diligências realizadas até o momento envolveram colaborações premiadas, gravações ambientais, interceptações telefônicas, afastamento de sigilo de dados fiscais, bancários, telefônicos e telemáticos, além da obtenção de documentos e colheita de depoimentos.

Os crimes investigados são os de corrupção passiva (art. 317 do Código Penal), corrupção ativa (art. 333 do Código Penal), exploração de prestígio (art. 357 do Código Penal), falsidade ideológica de documentos particulares e uso de documentos particulares ideologicamente falsos (arts. 299 e 304 do Código Penal), lavagem de dinheiro (art. 1º da Lei n. 9.613/1998) e associação criminosa (art. 288 do Código Penal).

http://www.mpf.mp.br/rn/sala-de-imprensa/noticias-rn/desembargador-aposentado-e-alvo-de-operacao-do-mpf-e-pf-no-rio-grande-do-norte-e-pernambuco

porJoLopes

Pedro Ariel lança A Grande Beleza 2 em Natal

Com um olhar único sobre o universo da arquitetura, design de interiores e paisagismo apurado por mais de 20 anos de carreira, Pedro Ariel Santana, diretor de conteúdo e relacionamento da CASACOR, lança nesta sexta-feira, dia 31 de agosto, às 17h, no Terraço da Officina Interiores, na Av. Hermes da Fonseca, 971, Tirol, o livro A Grande Beleza 2.

O sucesso do A Grande Beleza volume 1, lançado no ano passado, deu origem a esta nova empreitada, onde arte, design, arquitetura, decoração, natureza e viagem se encontram. Esses são os temas que permeiam o Instagram do arquiteto e jornalista brasileiro, fonte para os livros que reúnem fotos   e registros feitos pelo autor em seu endereço @pedroarielsantana. A Grande Beleza 2 continua a explorar o mesmo universo do primeiro livro, sempre em busca do belo, de uma maneira ainda mais apaixonada.

Serviço:

Lançamento:  livro A Grande Beleza 2 – Pedro Ariel Santana

Data: 31 de agosto

Hora: 17h

Local: Terraço da Officina Interiores, Av. Hermes da Fonseca, 971, Tirol, Natal-RN

porJoLopes

Caravana de Lula pelo Nordeste

A caravana Lula pelo Brasil encerra na manhã deste domingo (27) em Campina Grande sua passagem pela Paraíba. A segunda maior cidade do estado tem 410 mil habitantes e ganhou em 2009 status de Região Metropolitana, abrangendo outras 16 cidades de seu entorno. O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva é recebido com ato público promovido por movimentos sociais em sua homenagem no Parque Ecológico Bodocongó, antes de seguir viagem em direção a Currais Novos, já em território potiguar, com 45 mil habitantes e a 176 quilômetros de Natal.

O Rio Grande do Norte viveu um boom de universidades, institutos federais e investimentos em educação básica nos governos de Lula e Dilma Rousseff. Segundo a senadora Fátima Bezerra (PT-RN), esse legado está ameaçado. “Lula decidiu colocar o pé na estrada novamente para ver de perto a situação de dificuldade que está passando a maioria do povo brasileiro”, afirmou. “Os retrocessos são insanos e inimagináveis. Em pouco tempo, Temer instaurou um processo acelerado de destruir as conquistas. É uma tragédia nacional.” A passagem de Lula por Currais Novos às 17h no Largo do Tungstênio. Na segunda-feira, a comitiva seguiu para Mossoró, completando a visita por 18 municípios em seis estados: Bahia (quatro cidades), Sergipe (cinco), Alagoas (três), Pernambuco (duas), Paraíba (duas) e Rio Grande do Norte (duas). A passagem pelo Nordeste terminará em 5 de setembro, no Maranhão.

Fonte: Rede Brasil

porJoLopes

INSEGURANÇA PÚBLICA CONTINUA EM ALTA

Por Erick, O Caçador

Sem quaisquer freios, a Insegurança Pública cresce no RN, sem que haja sinalização de estratégia global coerente, por parte do Estado, de combate à altura do problema.

O Comandante recentemente exonerado da PMRN, Coronel Azevedo, saiu denunciando a significativa redução do orçamento da instituição, junto com o aumento das atribuições. A situação é precária de qualquer ponto de vista, na PM: salários atrasados, viaturas em péssimo estado de conservação, pouco combustível e limitado efetivo.

Já na Polícia Civil do RN, a novidade é que a Associação dos Delegados ( ADEPOL) resolveu fazer campanha contra a falta de investimentos e o descaso com a Instituição – que está em muito pior estado do que a PMRN: a PCRN opera com menos de 25% do efetivo previsto em Lei!

Sequer o edital para o concurso público de ingresso nas duas polícias foi lançado, embora tenha sido anunciado já uma dezena de vezes, por uma série de autoridades da SESED, nos últimos 2 anos. A própria Secretária de Segurança Pública do Estado o anunciou para o “mês que vem”, faz alguns meses…

Nas ruas da capital, assaltos e homicídios em ritmo galopante fazem vítimas já entre a cúpula do Judiciário do Estado. No interior, a violência é do mesmo jeito: em Mossoró, a onda é de “arrastões” em Escolas e Hospitais. O tráfico de drogas toma conta do Estado todo, as Facções Criminosas se responsabilizam pela Segurança Pública de certas Regiões.

Enquanto isso, a Secretaria de Transportes Urbanos aprimora seu sistema de aplicação de multas de trânsito através de câmeras, ao mesmo tempo que o videomonitoramento de Segurança feito pelo CIOSP tem apresentado problemas. Por falar em CIOSP ( que mudou de nome para COPOM e, parece, voltou à nomenclatura antiga), quem conseguir atendimento no Disk Emergência 190, na Grande Natal, ganha um prêmio!

Para completar, o Sistema Penitenciário tem apresentado falhas e fugas constantes. Para se ter uma idéia, há caso de preso solto por engano e de fuga de preso custodiado em hospital. Os Agentes Penitenciários estão sem condições de trabalho, mas sendo obrigados a pagar com o risco da própria vida pelo descaso do Governo com o Sistema Prisional. O Grupo de Operações Especiais da SEJUC está virtualmente dissolvido, empregado para tapar buracos de escala de serviço rotineiro, e teve seu comandante exonerado na surdina. Segundo se comenta, o Secretário de Justiça e Cidadania tem mau relacionamento com os Agentes Penitenciários ( em geral), o que gera um clima péssimo internamente.

O quadro geral é estarrecedor, de verdade. Segundo análise estatística do Instituto Obvio, a violência cresceu cerca de 25% esse ano no RN, comparado ao mesmo período do ano passado, que foi considerado o ano mais violento da História do RN!

A pergunta que fica no ar, não é “aonde vamos parar”… Já se vê que não tem como parar por aqui, nem num ponto previsível adiante. A pergunta correta, dada a conjuntura, é: ” O que se inicia a partir desse caos indomável”?