Arquivo diário 11 de agosto de 2017

porJoLopes

Maia critica distritão e fundo para financiar campanha eleitoral

O presidente da Câmara, deputado Rodrigo Maia, criticou hoje (11) a proposta de reforma política aprovada na comissão que trata do tema na Câmara dos Deputados, como o sistema do distritão  e o fundo público de financiamento de campanha, que poderá ter R$ 3,6 bilhões em recursos da União.

Para Maia, o sistema eleitoral atual está falido e criticou o fato de o fundo de financiamento ter caráter definitivo, e não transitório. De acordo com ele, a reforma como está sendo aprovada na comissão envia sinais negativos para a sociedade.

“Com esse sistema eleitoral de agora, o distritão, não é bom. A verdade é que o nosso sistema eleitoral, na forma em que está, faliu. A Câmara e o Senado precisam fazer as mudanças. Agora, o fundo eleitoral podia ter sido feito como algo transitório”, disse. “Se o fundo eleitoral criado tivesse princípio, meio e fim, mesmo com todo o desgaste, teria tido melhor entendimento por parte da sociedade”, acrescentou.

O distritão será aplicado nas eleições de deputados federais, senadores e vereadores. Pela proposta, cada estado ou município se tornará um distrito eleitoral. Serão eleitos os candidatos que receberam mais votos dentro do distrito, sem levar em conta os votos para partido ou coligação, como ocorre atualmente. Para os críticos a esse sistema, o distritão favorece a reeleição de candidatos mais conhecidos, prejudicando a renovação no Parlamento.

Maia defende a aprovação da proposta do distrital misto para a eleição de 2022. “Acho que avançando para um distrital misto em 22 [eleição de 2022} a gente tá sinalizando claramente que [o país] vai ter um sistema, que inclusive deu certo da Alemanha. Trata-se, de um lado do fortalecimento das ideias e dos partidos – que é a parte da lista pré-ordenada – e do outro da parte do distrito, onde a sociedade fica bem representada. Ele equilibra os dois lados e garante uma boa representatividade para a política brasileira”, disse.

No parecer apresentado na comissão, o relator Vicente Cândido (PT-SP) prevê a adoção do sistema “distrital misto” na eleição para deputado federal, deputado estadual e vereador nas cidades com mais de 200 mil eleitores. Pelo modelo, o eleitor precisa votar duas vezes para deputado: um para o candidato do distrito e o outro, no partido. Metade das cadeiras de cada estado são para os mais votados de cada distrito e a outra para os partidos, a partir de uma lista.

Rodrigo Maia participou, na Fundação Getulio Vargas, na Praia de Botafogo, do painel Desafios para o Brasil: A agenda de reformas e a segurança pública. (Agência Brasil)

porJoLopes

IFRN vai sediar etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica

Programação acontece nos dia 19 e 20 de agosto

O Instituto Federal de Educação Ciências e Tecnologia do Rio Grande do Norte (IFRN), Campus Natal Central,  será palco, nos dias 19 e 20 de agosto, da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica (OBR), que chega a sua XI edição e irá selecionar as melhores equipes de escolas públicas e privadas para representar o estado em Curitiba na etapa nacional.

A competição, que tem entrada gratuita, acontecerá nas quadras do IFRN – Campus Natal Central, das 8h às 18h. As equipes do nível médio irão competir no sábado, dia 19, e as do fundamental, no domingo, dia 20.

A OBR abrange duas modalidades competitivas: Prática e Teórica. Na etapa deste final de semana, participarão 198 equipes do Rio Grande do Norte. Na modalidade Prática, os competidores terão de construir e programar um robô  que deve vencer obstáculos para salvar vítimas em um ambiente que simula um cenário de demolição.

Com o apoio do Conselho Nacional de Desenvolvimento Cientifico e Tecnológico (CNPq), do IFRN, e o patrocínio das empresas Robô Ciência e RoboEduc, o evento é voltado para as pessoas que gostam de tecnologia e tem afinidade com robótica.

Desta forma, além de contar com a presença dos competidores, o evento busca difundir a robótica para a sociedade em geral e atrair crianças, adolescentes e adultos para esse universo.

Além da etapa estadual da Olimpíada Brasileira de Robótica, o IFRN irá promover, no mesmo período, a I Competição de Robótica para nível superior do RN e a I Mostra Nacional de Robótica – Regional RN que contará com 21 projetos de alunos da educação infantil ao ensino superior das mais diversas áreas: desde cordéis com a temática da Robótica à projetos na área de automação residencial.

A programação do evento conta ainda com uma apresentação de dança com robôs e um show da física com o professor do CNAT, Amadeu Albino Junior, conhecido Mago da Física.

http://portal.ifrn.edu.br/campus/natalcentral

https://www.facebook.com/IFRNCNAT/

https://www.youtube.com/channel/UCdT6-d-6MhWTyuzEHr5Z8Dw

porJoLopes

Esquadrão Águia faz ação de segurança em Assu

O CPRE, através do Esquadrão Aguia, sob o comando do Capitão Sandrine, em ação conjunta com o 10º BPM na cidade de Assu/RN, deu início a operação Assu segura, com o emprego de barreiras e abordagens a condutores e pedestres.

Essa ação pretende coibir os assaltos, tráfico de drogas, armas e prostituição infantil.

Só nos primeiros quinze minutos, foram apreendidos 36 veículos, ao final da operação no primeiro dia, foram apreendidas 08 CNH, 68 veículos.

 

porJoLopes

Rodrigo Maia defende reformulação do Estado

O presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, defendeu hoje (11) a reformulação do Estado, a partir de uma ampla reforma que permita que seja dada, de forma equilibrada, condições iguais a todos os brasileiros. Para Maia, o Estado é muito maior do que a capacidade que a sociedade tem de financiá-lo.

Rodrigo Maia criticou a possibilidade de mudanças na meta fiscal. “Eu fico desconfortável com o aumento da meta [fiscal]. Não é justo para com a sociedade brasileira. O governo já tem um déficit muito grande para não gerar as condições [necessárias] para cumprir esta meta. Nós sabemos que a crise ainda existe, que há queda da arrecadação, mas quando você não cumpre a meta você sinaliza que o endividamento pode crescer, o que pode gerar dificuldades”.

Rodrigo Maia lamentou o engessamento do Orçamento da União. “Infelizmente a gente tem mais de um trilhão [de reais] do orçamento destinado a gastos obrigatórios. Nós temos que discutir os esses gastos obrigatórios”.

O presidente da Câmara defendeu a urgência da reforma da Previdência Social, que, segundo ele, é para onde é destinado a maior parte dos recursos do Orçamento. “A Previdência tem que ser reformada, pois é para onde vai a maior parte desses custos. O país terá de promover mudanças”, disse.

Rodrigo Maia disse que após a Câmara rejeitar o pedido do procurador-geral da República, Rodrigo Janot, para que o presidente Michel Temer fosse investigado pelo Supremo Tribunal Federal (STF) por corrupção passiva, o maior desafio do governo, a partir de agora, “é reorganizar a base de sustentação para que as reformas possam avançar”.

O presidente da Câmara reafirmou que a possibilidade de o Congresso votar a reforma da Previdência até setembro, é missão difícil. “Nós vamos trabalhar, mas a gente sabe que hoje é difícil e nós não estamos aqui para enganar ninguém. Mas o nosso trabalhar é de ir convencendo o parlamento aos poucos”.

O presidente da Câmara participou, no Centro Cultural da Fundação Getulio Vargas (FGV), no Rio, do painel Desafios para o Brasil: a agenda de reformas e a segurança pública no Rio de Janeiro. (Agência Brasil)

porJoLopes

Policial da reserva desaparece após trocar tiros com bandidos no rio Potengi

Dois policias da reserva e um amigo foram alvos de um atentado na tarde desta quinta-feira (10), no rio Potengi, na conunidade Beira Rio, zona Oeste de Natal. As vítimas estavam pescando em uma embarcação quando homens armados se aproximaram também de barco e passaram a efetuar disparos. Segundo uma das testemunhas, um dos PMs trocou tiros com os suspeita e acabou baleado, as demais pessoas conseguriam escapar nadando até a margem. A polícia realiza diligências, nesta sexta-feira (11), para tentar encontrar o policial.

O subtenente Amaury, o sargento J.Silva e o amigo saíram de casa no início da manhã para uma pescaria, atividade que os três costumavam fazer sempre, mas deveriam voltar ao meio dia, porém acabaram surpreendidos pelos criminosos que segundo a polícia tinham acabado de tentar invadir um esconderijo da facção rival no Paço da Pátria. Essas informações foram confirmadas também pelo filho do Sub tentente que terá a identidade preservada. “Estamos todos angustiados e torcendo que ele esteja vivo escondido no mangue,” disse.

O amigo dos policiais relatou a polícia que o Sargento e ele conseguiram nadar até a margem do rio, mas se separaram, só horas depois que o sargento J.Silva foi encontrado no bairro Igapó em uma localidade de viveiros. O subtenente Amaury, ainda segundo a testemunha trocou tiros com os criminosos e foi baleado. “Eu vi meu amigo ser atingido e não pude fazer nada”, lamentou. Durante toda a noite equipes da Polícia Militar relaizaram diligências e buscas, mas até o início da manhã desta sexta-feira (11), o policial da reserva continuava desaparecido. (Portal BO)

porJoLopes

Mais imposto é sinônimo de menos emprego, diz presidente da CNI

Outro aumento de impostos será mais um retrocesso para o Brasil e frustrará as expectativas de que 2018 seria melhor do que 2017. A avaliação é do presidente da Confederação Nacional da Indústria (CNI), Robson Braga de Andrade.

“Um eventual aumento dos tributos ampliará a recessão, pois retirará recursos do consumo, da produção e da geração de empregos”, disse Andrade ao comentar a possibilidade de o governo federal criar uma nova alíquota de Imposto de Renda para pessoa física e rever desonerações e o Reintegra, programa que restitui parte dos tributos pagos pelos exportadores.
O presidente da CNI destacou que, ao estudar a elevação dos tributos para alcançar a meta fiscal, “o governo dá um sinal errado, na hora errada”.  Ele explica que o aumento das receitas depende do crescimento da economia. Por isso, neste momento, o equilíbrio das contas públicas depende da revisão dos gastos do governo e da implementação de reformas importantes para a economia, como a da Previdência Social.
Robson Andrade lembra que a carga tributária no Brasil está entre as mais elevadas do mundo, o que tira a competitividade das empresas brasileiras e reduz a disposição dos empresários para fazer investimentos. “Mais imposto é sinônimo de menos investimentos e, por consequência, de menos empregos”, acrescenta o presidente da CNI.

Da Agência CNI de Notícias