11 de julho de 2017

​POLICIAIS DÃO A VIDA PELO QUÊ?

Por Erick, O Caçador – A tragédia de policiais sendo assassinados por marginais assumiu proporções enormes no Brasil inteiro. Policiais morrem violentamente de serviço ou em horas de folga – morrem por serem policiais, é fato. Pelo quê morrem os policiais? A Instituição Policial foi transformada pela propaganda negativa de viés esquerdista em “lado do mal”, faz tempo. De forma visível, a doutrinação política inoculada aos brasileiros nas escolas, universidades, meios culturais e em vários outros nichos sociais, mostra a figura de um bandido “vítima da sociedade” sendo “oprimido” pelos “ricos”, cujo braço armado e cruel é a polícia. O policial é, então, o vilão da estória: mau, corrupto, violento, […]

Ler mais
6 de julho de 2017

​VIOLÊNCIA ANTIPOLÍCIA SE COMBATE COM UNIÃO

Por Erick, O Caçador Em meio a uma ofensiva letal das Facções Criminosas, envolvendo ataques a policiais e suas famílias, a Insegurança Pública no RN chega a novo patamar. Os Operadores de Segurança Pública sabem que estão sendo mapeados e caçados individualmente. Assaltos, arrastões residenciais, expulsão de famílias, ameaças, assassinatos. As Facções Criminosas alardeiam isso nas Redes Sociais. E o pior é que o Governo não se pronuncia sobre o assunto, o Ministério Público não apura a ligação entre as centenas de casos, a imprensa não noticia o problema com esse enfoque. Agentes Penitenciários, Guardas Municipais, Policiais Civis e Militares, além de outros profissionais de Segurança, estão numa situação de […]

Ler mais
21 de junho de 2017

Artesanato a favor da terapia

Por Patrícia Oliveira Araújo Arte Educadora – Casa Durval Paiva A Arte como também o artesanato, comprovadamente, são atividades terapêuticas e auxiliam tanto no combate ao estresse, como em problemas de saúde. Na prática do artesanato, por exemplo, podemos aperfeiçoar habilidades como: bordar, costurar, pintar, dentre outras. O desenvolvimento de atividades como essas auxiliam na autoconfiança, como também no estado emocional, pois desencadeia um estado de relaxamento, que ajuda as pessoas a não focarem em seus problemas. Tomemos como exemplo as famílias que convivem com algum parente que está com câncer, que é uma doença que afeta não somente o enfermo, como também, o núcleo familiar. Esse fato faz com […]

Ler mais
19 de junho de 2017

Os grupos terapêuticos e o enfrentamento da doença oncológica

Laíse Santos Cabral de Oliveira Psicóloga – Casa Durval Paiva CRP 17-3166 O câncer é um problema de saúde pública que tem aumentado sua incidência com o passar dos anos. Desta forma, existe a necessidade de um maior compromisso, por parte da sociedade, com a detecção precoce para que as chances de cura sejam maiores. Quando o diagnóstico é confirmado, paciente e familiares vivenciam uma nova rotina cheia de cuidados em busca da cura com os menores índices de sequelas e lesões, sejam físicas ou emocionais, como também, buscam o bem estar dos envolvidos. Dentre os profissionais que integram a equipe de cuidado, o psicólogo trabalha oferecendo um espaço para […]

Ler mais