Arquivo de tag Desenvolvimento

porJoLopes

Contas públicas preocupam economistas que participaram do “Motores”

Por  Sara Vasconcelos/FIERN

 

As implicações da situação das contas públicas para a retomada do crescimento do Rio Grande do Norte — em um ritmo mais intenso — estiveram em debate na 31ª Edição do Seminário Motores do Desenvolvimento, projeto realizado pelo jornal Tribuna do Norte, Sistemas FIERN e FECOMÉRCIO e UFRN.

Economista Raul Veloso

O economista Raul Velloso destacou que somente medidas que incentivem a recuperação da economia, e o consequente fim da recessão, poderão colocar as receitas governamentais em patamares que permitam o reequilíbrio.

“Depois, teremos de equacionar o problema estrutural, principalmente do lado do gasto, que cresce naturalmente a taxas muito elevadas. Sozinha, a PEC [Proposta de Emenda Constitucional] do Teto dos Gastos é um remendo difícil de sustentar”, disse Velloso.

Consultor Cláudio Porto

Coube ao consultor Cláudio Porto, da Marcoplan, tratar da economia do RN. Os dados mostraram a fragilidades das contas públicas. O estudo mostrou que entre 2005 e 2015 houve uma piora na qualidade da infraestrutura e dos investimentos.

 

O economista Eduardo Giannetti da Fonseca alertou para as consequências nas mudanças demográficas, com a tendência de envelhecimento da população e do número de filhos por famílias, nas contas públicas. Essa tendência, disse o economista, aumenta a proporção e aposentados para cada pessoa trabalhando.

 

Economista Eduardo Giannetti da Fonseca

Com isso, nas próximas décadas, haverá uma elevação do comprometimento do PIB com previdência social, hoje em 13%, algo que vai deteriorar ainda mais, analisa ele, as contas públicas. Para o economista, a reforma previdenciária, com definição de idade mínima, se não for aprovada neste ano, terá que ser em 2018 ou, no máximo, em 2019.

Giannetti destacou também que é urgente de mudanças na previdência dos servidores públicos, que têm regras que garantes mais benefícios aos funcionários inativos do que nas aposentadorias do INSS.

Presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz

Durante o seminário, presidente do Sistema Fecomércio, Marcelo Queiroz, defendeu a “soma de esforços para que a máquina pública” trabalhe em prol do crescimento e melhoria do Rio Grande do Norte”. Ele disse que a atividade produtiva é fortemente afetada com a crise financeira.

porJoLopes

Governador destaca potencial do RN na área da Energia Eólica durante o Brazil Windpower

stand 2senaiO governador Robinson Faria visitou o estands do Centro de Tecnologias do Gás e Energias Renováveis-CTGAS-ER/Senai, que representam o Sistema FIERN e participam do maior evento de energia eólica na América Latina, o Brazil Windpower. Na oportunidade, ele conversou com os dirigentes e gestores do Centro, sobre a importância do Estado na área da energia eólica, onde o CTGAS-ER tem atuado com destaque. O chefe do Executivo Estadual, que foi o primeiro governador da história convidado para falar no evento, em virtude da liderança do RN na produção de energia eólica, discursou durante 10 minutos, abordando o potencial eólico instalado e a previsão para os próximos anos no Estado.

Participam do evento o presidente do Conselho Superior do CTGAS-ER, Flávio Azevedo, também secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, a diretora Executiva, Cândida Amália Aragão e o diretor de Tecnologias, Pedro Neto Nogueira Diógenes, além dos colaboradores do SENAI/CTGAS-ER, Paulo Isabel dos Reis, Daniel Faro, que apresentou trabalho técnico sobre “Avaliação de Desempenho de Parques Eólicos Usando Tecnologia Lidar”, Daniela Dantas, Antonio Medeiros, Márcio Meneses, Luciano Cruz e Darlan Emanuel.

O Brazil Windpower, que acontece no Centro de Convenções Sulamerica, no Rio de janeiro, será encerrado nesta quinta-feira.

porJoLopes

Curso do PDA destaca prevenção de problemas trabalhistas

Por Aldemar Freire

O Programa de Desenvolvimento Associativo (PDA) promoveu mais um curso para empresários, gestores e diretores do setor industrial. Desta vez, a capacitação — no Espaço Cultural da Casa da Indústria — teve como ênfase a prevenção de problemas trabalhistas, com palestra da consultora Cely Sousa Soares.

Ao abrir o curso, o diretor da FIERN e presidente do Sindicato da Indústria de Beneficiamento de Fibras Vegetais e do Descaroçamento do Algodão do Estado Algodão do Estado do RN, José Nobrega, lembrou que o PDA tem sido importante para promover o associativismo e o fortalecimento da indústria potiguar.

A consultora destacou que a organização coletiva por intermédio das entidades representativas é necessária, principalmente diante da situação das relações de trabalho no país. Ela citou exemplos práticos da legislação trabalhista para mostrar aos participantes como prevenir dificuldades nessa área.

Cely Soares lembrou que a Consolidação das Leis do Trabalho (CLT) foi instituída na década de 40. Outros aspectos que comentou foram as dezenas de regras publicadas diariamente em forma de portarias e decretos por órgãos do Poder Executivo e em forma de Jurisprudência.

Ela informou também que o projeto que regulamenta a terceirização e está na pauta da Câmara dos Deputados, com possibilidade de ser votado em plenário nesta terça-feira, 07. A consultora disse que a Confederação Nacional das Indústrias acompanha esta discussão atentamente.

Ao longo do curso, Cely Soares também informou aos participantes sobre o conjunto de regras que precisam ser observadas nos momentos de admissão, na vigência da relação empregatícia e na rescisão dos contratos.

A advogada lembrou que é preciso conhecimento não só da CLT, mas também das convenções coletivas. Ela destacou que as indústrias podem contar com seus Sindicatos, Federações e a Confederação com informações e defesas de seus legítimos interesses.