Último aulão do Projeto #QueroAprender prepara alunos para segundo dia do ENEM

Amanhã (11) acontece o último aulão do projeto #QueroAprender, na véspera do segundo dia das provas do Exame Nacional do Ensino Médio (ENEM). Para esse sábado, em Natal, são esperados cerca de 600 estudantes para aulas de Matemática e Ciências da Natureza. As aulas acontecem das 8h às 12h30, no IFRN campus Natal-Central. O aulão também irá acontecer, simultaneamente, em todas as regiões do RN.

O #QueroAprender realiza aulas, disponibiliza conteúdos 24h e ferramentas digitais para auxiliar os estudantes nos estudos complementares a sala de aula e ajuda na preparação para o ENEM. Através da escola virtual do Sistema Integrado de Gestão da Educação (SIGEduc), os estudantes encontraram questões e material para estudo. Os conteúdos foram criados por professores que atuam nas redes pública e privada de ensino.

Os estudantes do ensino médio receberam durante as aulas todo o preparo para o dia da prova e estão prontos para o segundo dia de avaliação, uma avaliação positiva para o coordenador geral do Projeto #QueroAprender, João Maria de Lima. “Vejo o projeto de forma positiva, que se expande a sala de aula com conteúdos exclusivos para os estudantes. Preparamos durante todo o período do programa os alunos para um bom resultado, e sabemos que eles estão aptos para o exame”.

No sábado passado (4), os estudantes participaram de um momento especial na Catedral Metropolitana de Natal, aonde aconteceu a benção das camisetas. Para esse aulão de véspera, os alunos ouvirão dicas de relaxamento de um coachpara aplicar durante a prova.

O projeto oportuniza aos estudantes da rede estadual o preparo para o exame nacional com a mesma qualidade de estudantes particulares, reunindo professores dedicados para aplicar os conteúdos. “Essa é uma grande oportunidade para os alunos. Antes quando se falava de Enem nas escolas públicas era notório a preocupação de todos. Hoje, temos a certeza que o nosso aluno está preparado para enfrentar esse desafio”, declarou a diretora da 1ª Direc, Carmen Lúcia Freire.

A expectativa é expandir ainda mais o projeto para o próximo ano. O foco é tornar os alunos protagonistas, auxiliando na educação e incentivando as iniciativas estudantis. “As novidades já estão sendo pensadas para a próxima edição do #QueroAprender. Queremos fazer com que o programa seja atrativo aos estudantes”, destacou o coordenador. No ano de 2018 o projeto pretende atender ainda mais estudantes, começando as atividades logo no início do ano letivo.

Leia mais

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *